Acessos vasculares

Cateteres para hemodiálise

Cateteres para hemodiálise

Cateteres são tubos plásticos utilizados para realização de hemodiálise, que é um processo de limpeza do sangue, através da filtração deste em uma máquina. Esses cateteres são inseridos em uma veia grande no pescoço, no peito ou na virilha e normalmente são uma opção.

Um cateter é normalmente uma opção em curto prazo, no entanto, em alguns casos, ele pode ser usado como um acesso permanente.

A taxa de fluxo de sangue a partir do cateter para o dialisador pode não ser tão rápido como uma fístula e, portanto, o sangue não pode ser filtrado adequadamente ou o tempo de diálise pode ser prolongado, diferentemente do que ocorre com um acesso arteriovenoso.

Os cateteres são mais susceptíveis à infecção do que as fístulas, pois estes possuem uma parte exposta na pele e outra fica permanentemente dentro da veia. Eles devem sempre ser mantidos limpos e secos; nadar ou tomar banho normalmente são restritos. Vestir-se pode danificar o cateter no local da saída, por isso o cuidado deve ser tomado.

 

Cuidados com o cateter:

  • Mantenha o seu cateter protegido com o curativo;
  • Não molhe o seu cateter, banhos de piscina ou mar não são recomendados;
  • Tenha cuidado nas manipulações do cateter para não danificá-lo, principalmente ao vestir-se;
  • Em caso de saída do cateter, comprima o local e vá imediatamente ao hospital;
  • Se houver qualquer sangramento local, verifique se o cateter não está quebrado e se as tampas dos conectores estão no local, e vá imediatamente ao hospital.

Conheça sobre
Nossa Equipe

Os irmãos Pedro e Ricardo Castedo formaram-se em Medicina e Especializaram-se em Angiologia e Cirurgia Vascular. Pós graduados pela PUC-SP e Unicamp, dedicaram-se a carreira médica para poder proporcionar maios saúde e qualidade de vida aos seus pacientes. Saiba mais sobre nossos médicos em Equipe.


Conheça mais sobre nossa equipe